Perguntas Frequentes 

Pinturas Exteriores

Paredes Novas

Quais os produtos recomendados para a pintura de paramentos exteriores numa obra nova?
Para a pintura de paredes exteriores novas, que apresentem boas condições de reboco (isento de fissuração e irregularidades) recomenda-se a utilização do primário Isocrylcor e da tinta plástica Super P para acabamento. Trata-se de uma tinta plástica formulada com emulsões acrílicas, bastante flexível e lavável e deve ser aplicada em 3 demãos.
No caso de se pretender disfarçar alguns defeitos da base, deverá utilizar-se para acabamento a tinta plástica areada Supertex, numa aplicação em 2 a 3 demãos.

Repintura

Tratamento Anti-Fungos

Como tratar uma superfície contaminada com fungos e garantir a eficácia dos trabalhos?
De um modo geral, recomenda-se o melhoramento da ventilação nas zonas em causa. Efectuar a limpeza dos fungos com escova e lixívia diluída, seguido de enxaguamento e aplicação de um sistema especial anti-fungos, constituído por um desinfectante (Papafungos S), um selante anti-fungos (Papafungos I), e acabamento com tinta anti-fungos (Papafungos P).

Geral

Qual o esquema recomendado na repintura de paredes exteriores sem problemas?
Deve utilizar-se o selante anti-alcalino para paredes e tectos, Isocrylcor e para um acabamento liso a tinta 100% acrília e de elevada resistência às intempéries, Hiperplástica. Aplicar 3 demãos. Como opção e para um acabamento com relevo, aplicar a tinta texturada, de relevo médio com elevada resistência à luz, Protextur. Aplicar 2 demãos, em que a primeira deverá ser diluída em cerca de 25% com água (esfregaço). Para uma pintura mais económica, recorrer à tinta texturada, Durtex.

Especiais

Como proteger uma fachada exposta a ambiente marítimo?
Utilizar um selante anti-alcalino do tipo, Isocrylcor e finalizar a aplicação com uma tinta 100% acrília e formulada para ambientes fortemente agressivos , a Hiperplástica.

Qual o sistema de pintura elástica para fachadas?
Aplicar sobre uma demão de primário (Isocrylcor ou Profisol), uma membrana flexível com enorme elasticidade, denominada Ecoflex. Aplicar 2 a 3 demãos fartas e cruzadas para acentuar as propriedades de impermeabilização deste tipo de revestimento. Poderá ainda optar-se por uma membrana areada, a Textiflex, caso seja necessário disfarçar algumas imperfeições estruturais.

Restauro​ de Edifícios

Qual o procedimento para reparar betão com armaduras à vista?
Quando o betão já apresenta as armaduras à vista e oxidadas aplicar sobre as mesmas (nos pontos de oxidação) o nosso produto Corrinib, que se trata de um conversor de ferrugem de aplicação directa sobre o ferro oxidado (ferrugem fixa). Aditivo para cimento formulado com emulsões acrílicas. É depois necessário refazer o betão com uma argamassa de enchimento aditivada com Durobetão. A proporção que indicamos deverá ser, 1 litro de durobetão: 5 Kg de cimento. O revestimento final poderá passar pela aplicação de um pintura acrílica de acabamento liso.

Como reparar fissuras em fachadas rebocadas?
Para colmatar a micro-fissuração, aplicar sobre toda a superfície 2 demãos cruzadas de um primário realizado com o produto Probetão,  cuja composição é feita na obra e consiste na mistura de 1 parte de Probetão, 2 de água e 3 de cimento, que pode ser branco. A aguada resultante é aplicada a rolo ou a pincel de caiar, com o objectivo de uniformizar a superfície e garantir uma excelente aderência ao produto a aplicar posteriormente. Ter em atenção que sobre este primário só poderemos prosseguir com a aplicação dos acabamentos, após um período de secagem de 3 dias, no mínimo.
As fissuras de maior dimensão (dinâmicas ou estáticas), devem ser tratadas através da sua abertura em "V", limpeza completa (remoção de poeiras e partículas soltas) e preenchimento com argamassas aditivadas com Durobetão.

Existe algum tratamento colorido para betão?
Para o tratamento colorido do betão, propomos um revestimento pigmentado e opaco, Betoncryl (para cores claras). Trata-se de um produto acrílico aquoso para protecção e decoração de betão e fibrocimento, com acabamento acetinado. Aplicar 2 a 3 demãos.
Para uma cor forte e translúcida, deverá recorrer-se ao verniz acrílico Aquapool Verniz, que se caracteriza pelo seu excelente desempenho na protecção de betão e outras superfícies em contacto com a água.

Pinturas Interiores

Paredes Novas

Quais os produtos recomendados para a pintura de paredes e tectos interiores estucados?
Para a pintura de paredes e tectos interiores recomenda-se a utilização do primário Isocrylcor (ou Profisol) e da tinta plástica, de acabamento mate, Super M. Aplicar 2 a 3 demãos da tinta plástica. Alternativamente, poderá optar-se por uma tinta plástica de acabamento aveludado (meio-brilho) e portanto, mais lavável e com maior resistência à esfrega; o produto em questão designa-se por Supersoft.

Quais os produtos recomendados para a pintura de paredes e tectos interiores rebocados?
Para a pintura de paredes e tectos interiores recomenda-se a utilização do primário Isocrylcor (ou Profisol) e da tinta plástica, Profimed. Aplicar 2 a 3 demãos da tinta plástica.

Paredes com Fissuração

Como tratar paredes interiores com fissuração?
Aplicar um primário anti-alcalino para paredes e tectos, Isocrylcor e após a sua secagem aplicar um barramento feito com um estuque sintético, Betume pronto para reparação, para colmatação de fissuras em paredes lisas. Aplicar à talocha ou espátula. Sobre este barramento aplicar o acabamento pretendido.

Pinturas com Cores Fortes

Quais os produtos a utilizar em pinturas de alta pigmentação?
Propomos a tinta plástica interior/exterior de alta pigmentação, para paredes e tectos, Proficor numa aplicação em 2 a 3 demãos. Com o mesmo efeito final, mas com a garantia de uma maior resistência à lavagem e aos Uvs, utilizar a tinta plástica 100% acrílica, Dimulcor.

Cozinhas e Instalações Sanitárias

Quais os produtos recomendados para a pintura de cozinhas e WC’s?
Deve aplicar-se sobre 1 demão de primario (Profisol ou Isocrylcor), 2 a 3 demãos de uma tinta plástica acetinada lavável, com tratamento anti-fungos, Supersilk. Se pretender uma acabamento mais brilhante e com uma excelente resistência à esfrega, aconselhamos o esmalte acrílico aquoso, Profáqua.

Pinturas E​conómicas

Como realizar uma pintura sem dispender uma grande quantia?
Aplicar sobre o primário (Profisol), 2 a 3 demãos da tinta plástica de alto PVC, baseada em emulsões estireno-acrílicas, Oportuni. Alternativamente, utilizar como acabamento a tinta plástica de alto PVC e para paredes de reboco areado, Sotinta. 
De notar, que este tipo de produtos apenas devem ser utilizados em garagens e arrumos em interiores.

Zonas com Salitre

Como solucionar os problemas causados pelo salitre?
Localizar a origem da água e tentar impedir a sua penetração na alvenaria, utilizando impermeabilizantes. Depois, há que limpar cuidadosamente com um pano seco (um pano húmido iria introduzir água na parede e consequentemente facilitaria o aparecimento de novas eflorescências). Aplicar um selante anti-alcalino (feito com resinas de tamanho de partícula mínimo, para impregnar em profundidade), Dimulsol, seguido da aplicação de um primário de base cimentícia (Probetão), que promove uma barreira de elevadas resistências. Deixar secar durante 3 dias e aplicar a tinta de acabamento.

Tratamento de Pedras e Cantarias

Qual a solução para a protecção de pedra natural sem alteração à vista da superfície tratada?
Utilizar um impregnante incolor, Protejarte. Trata-se de um hidrorepelente aquoso para telhas, ladrilhos, tijoleiras, fibrocimento, betão, pedra e tijolo. Não forma película, reduz a absorção de água e conserva a permeabilidade ao vapor de água das superfícies. Aplica-se com um pulverizador numa só demão, farta e uniforme.

Qual o verniz adequado para aplicar em pedras e cantarias?
O verniz de impregnação incolor para telhas, betão, pedra e tijoleiras, Hipervelatura. Este origina uma película final brilhante e aplica-se em 2 a 3 demãos.

Tratamento de Tijoleiras

Como tratar tijoleiras com um produto que não descasque?
Aplicação de uma demão de um tapa-poros, Primacera, diluído em 400% com água limpa e sobre este aplicar duas demãos de uma cera acrílica, Acrilcer, em que a primeira demão deverá ser diluída em cerca de 40% com água.
É possível, também, optar por um esquema de aplicação, que consiste na utilização de um verniz incolor ou colorido para betão e tijoleiras, em superfícies verticais interiores, nomeadamente o verniz Transvel. Película final brilhante. Aplicar 2 a 3 demãos.

Tintas de Silicato

Como obter uma acabamento mineral, semelhante ao da cal?
Aplicar globalmente, um primário de impregnação especial, Siliprimer, que consiste num material à base de silicato (fixador de silicato). Sobre o primário, aplicar 2 a 3 demãos, com um intervalo de 12 horas, de tinta de emulsão de silicato, mono componente, baseada num silicato de potássio líquido, Silicapa. Este sistema é especialmente indicado para substratos minerais e é ideal para monumentos e edifícios antigos.

Telhados

Como hidrofugar um telhado?
Aplicar com pulverizador uma solução de silicones, Protejarte, que consiste num hidrorepelente que não confere às superfícies tratadas qualquer alteração da sua textura, pois não promove película e vai evitar o enegrecimento prematuro dos materiais. Este produto contém aditivos fungicidas e algicidas.

Quais os produtos adequados para pintar telhas?
O produto mais eficaz consiste numa tinta de impregnação acrílica para pintura de telhas de cimento ou barro cozido, Dimultelha. Caracteriza-se pela elevada resistência aos UVs. Aplica-se em 3 demãos e existe nas cores preto e telha.
A alternativa mais económica é a tinta acrílica de impregnação para pintura de telhas, Decortelha. Também se aplica em 3 demãos e nas cores preto e telha.

Pavimentos

Como efectuar uma pintura anti-derrapante no pavimento de uma garagem?
Para a pintura de garagens com algum tráfego aplicar 2 demãos, sobre toda a superfície, de um primário realizado com o produto Probetão, cuja composição é feita na obra e consiste na mistura de 1 parte de Probetão, 2 de água e 3 de cimento. A aguada resultante é aplicada a rolo ou a pincel de caiar, com o objectivo de garantir uma excelente aderência ao produto a aplicar posteriormente.
Ter em atenção que sobre este primário só poderemos prosseguir com a aplicação dos acabamentos, após um período de secagem de 3 dias, no mínimo.
Após a secagem do primário, aplicar 3 demãos, da tinta acrílica de alta resistência, Aquatrafic, tendo a preocupação de polvilhar, com a ajuda de uma peneira, uma sílica calibrada, logo após a aplicação da 1ª demão da tinta e ainda quando esta se encontrar fresca. Após secagem dessa demão, dever-se-á varrer a sílica excedente. Esta operação realiza-se para criar anti-derrapância. Posteriormente, aplicar as restantes demãos.
Para um pintura normal, o esquema de pintura é semelhante, apenas se exclui a incorporação da areia.

Piscinas

Qual é a tinta resistente ao contacto com água recomendada para piscinas?
É a tinta acrílica Aquapool. Este produto pode aplicar-se no interior de piscinas e outros locais húmidos, destacando-se pela excelente flexibilidade e elevada resistência química. Aplica-se em 3 demãos, sendo a primeira diluída em cerca de 15% com água.

Impermeabilizações

Quais os requisitos mínimos da base para aplicação de uma membrana de impermeabilização?
A base deve apresentar-se regularizada e isenta de partículas em desagregação. Sobre esta, deve ainda aplicar-se um primário de aderência.

Como impermeabilizar uma varanda/terraço em betonilha (impermeabilização armada)?
Aplicar 2 demãos, com um primário realizado com o produto Probetão, cuja composição é feita na obra e consiste na mistura de 1 parte de Probetão, 2 de água e 3 de cimento. A aguada resultante é aplicada a rolo ou a pincel de caiar, com o objectivo de promover uma melhor aderência aos produtos a aplicar posteriormente.
Após secagem do primário (3 dias no mínimo), deve aplicar-se 1 demão do impermeabilizante, Dimulestanque. Seguidamente, aplicar uma rede em fibra de vidro, Refª GF 4652 e após um intervalo máximo de 24 horas, voltar a aplicar 2 demãos do impermeabilizante, de modo a cobrir totalmente a rede, tornando-a praticamente imperceptível. A aplicação do Dimulestanque, far-se-á em demãos cruzadas e fartas, de modo a obter um consumo entre 1,5 e 2 litros por metro quadrado.
Propõe-se que a colagem de cerâmicos não seja efectuada com cimentos-cola tradicionais, mas sim com um cimento-cola especial, Supercola; este produto consiste numa cola baseada numa dispersão acrílica e formulada com inertes criteriosamente seleccionados, sendo fornecida em pasta, bastando em obra, adicionar cimento em pó (30 a 40%). O cimento poderá ser branco ou cimento normal.

Como impermeabilizar uma varanda/terraço sem remover a tijoleira?
A impermeabilização poderá fazer-se directamente sobre os cerâmicos “antigos”, bastando para tal, aplicar 2 demãos do primário de aderência realizado com o produto Probetão.  Todo o procedimento seguinte, assemelha-se ao de uma impermeabilização normal, com aplicação de novos cerâmicos (ver em como "impermeabilizar uma varanda/terraço em betonilha").

Como impermeabilizar coberturas/terraços não transitáveis?
Aplicar 2 demãos, com um primário realizado com o produto Probetão, cuja composição é feita na obra e consiste na mistura de 1 parte de Probetão, 2 de água e 3 de cimento. A aguada resultante é aplicada a rolo ou a pincel de caiar, com o objectivo de promover uma melhor aderência aos produtos a aplicar posteriormente.
Após secagem do primário (3 dias no mínimo), deve aplicar-se 3 demãos do impermeabilizante, Dimulestanque, em demãos cruzadas e fartas. É importante que a impermeabilização se prolongue em alguns cm aos muros adjacentes.

Como impermeabilizar um reservatório de água?
O betão utilizado na construção da própria estrutura deve ser aditivado com Durobetão, uma vez que o cimento modificado com polímeros aumenta consideravelmente a sua capacidade de resistência à flexão e à compressão, fomentando também, uma certa impermeabilização. A impermeabilização propriamente dita deve ser feita pelo lado interior, aplicando 2 demãos do primário realizado com o probetão e 3 demãos de dimulestanque.

Como impermeabilizar uma piscina em betão?
Ver em, como impermeabilizar um reservatório de água. No entanto, se houver lugar à aplicação de cerâmicos, utilizar um cimento-cola especial, Supercola.

Existe algum verniz para aplicar em piscinas sobre pedras e decks de madeira?
O produto chama-se Aquapool Verniz UV. Trata-se de um verniz acrílico aquoso com excelente resistência aos UVs, indicado para a protecção de todo o tipo de superfícies que estejam em contacto com água e/ou locais sujeitos a algum desgaste físico em interiores e exteriores. Aplica-se em 2  demãos.

Tratamento de Superfícies Metálicas

Pintura sobre Ferro

Como pintar elementos metálicos?
Efectuar uma lixagem ligeira de toda a superfície, para remoção de tinta desagregada e da oxidação (ferrugem) que se encontra solta. Aplicação, em todos os pontos de oxidação (de modo a garantir que esta esteja bem aderente e reduzida a uma camada mínima), numa única demão, do nosso conversor de ferrugem Corrinib, que irá garantir a formação de uma película protectora do metal e a aderência do produto a aplicar posteriormente.
Seguidamente, aplicar 1 demão de um primário anti-corrosivo, acrílico aquoso, Primaqua, na cor cinza ou vermelho. Terminar com a aplicação sobre este, de 2 demãos de um esmalte alquídico aquoso, Profilac. O Profilac consiste num esmalte universal baseado numa resina alquídica emulsionada em água, caracterizando-se pela excelente aderência, dureza e flexibilidade. Apresenta boa lacagem e elevado brilho.

Pintura sobre Metais Leves

Qual o esquema de pintura aconselhado para metais leves?
Efectuar uma lixagem ligeira de toda a superfície, para remoção de tinta desagregada e da oxidação (ferrugem) que se encontra solta.
Utilizar, posteriormente, um primário que pode ser de acabamento, Dimulprimer, para aplicação directa em metais leves (alumínio, zinco,etc.) A sua aplicação, deve ser de preferência à pistola, e em 2 a 3 demãos; a primeira demão deverá ser muito fina e as seguintes numa aplicação normal, servindo de acabamento; este produto apresenta um acabamento acetinado e não descasca.

Tratamento de Madeiras

Envernizamento

Qual o produto recomendado para envernizar um soalho em que se exige uma boa resistência mecânica?
Existem dois produtos possíveis para essa finalidade: o Durtaco e o Dimulpor.
Antes de aplicar, dever efectuar-se uma lixagem ligeira de toda a superfície, tendo o cuidado de limpar todas as poeiras resultantes dessa operação. Aplicar, nestas condições,  o verniz de poliuretano modificado de base aquosa, Durtaco ou Dimulpor, em 2 a 3 demãos. Devem efectuar-se lixagens superficiais entre demãos.

Quais os vernizes e procedimentos mais indicados para o tratamento de superfícies verticais?
Efectuar uma lixagem ligeira de toda a superfície, tendo o cuidado de limpar todas as poeiras resultantes dessa operação. Aplicação de um sistema acrílico aquoso, constituído por um tapa-poros, Taquaporos e por um verniz, Supervel. Devem efectuar-se lixagens superficiais entre demãos.
Poderá optar-se também, por um verniz alquídico aquoso, Verniwood, de elevada flexibilidade e brilho e que apresenta uma pegajosidade mínima.

Pintura / Esmaltagem

Como esmaltar uma porta/janela em madeira?
Remover o revestimento anterior por lixagem ou queima e garantir a limpeza das poeiras resultantes dessa operação.
Aplicação de 1 demão de uma sub-capa acrílica aquosa de fácil lixagem, Capacril (este produto contém preservantes para madeira), seguida de 2 demãos de um esmalte alquídico aquoso, Profilac.

Outros Tratamentos

Existe algum produto que preserve a madeira e a torne imune ao caruncho?
Trata-se do Xilacril e consiste num imunizador acrílico aquoso, contendo bactericidas e insecticidas específicos. Possui um elevado poder penetrante, por forma a proteger a madeira contra o caruncho, podendo classificar-se como um verniz de impregnação. Aplica-se numa só demão e pode ser incolor ou colorido.

Aditivos para Cimento

Qual é o aditivo mais vulgar na realização de primários de aderência de base cimentícia?
Esse aditivo é o Probetão, encontrando a sua aplicação na realização de um primário de aderência para superfícies vidradas ou asfálticas e ainda como película de aderência para promover a colagem entre reboco velho e novo.

Quais as características que o Profilatex melhora na argamassa?
O Profilatex é um agente de aderência para a realização de argamassas aditivadas, películas e emborros impermeavéis de aderência. Geralmente o efeito principal que se obtém com a adição de Profilatex na argamassa é a melhoria da aderência ao suporte, mas também se consegue uma argamassa mais densa e compacta, e consequentemente mais impermeável e com maior plasticidade.

Como melhorar a impermeabilidade dos rebocos?
Adicionando-lhe o nosso Durobetão. Este produto é baseado numa resina acrílica pura e vai plastificar o betão, conferindo-lhe maiores resistências físicas e impermeabilização.

Quais as argamassas recomendas para reparações em elementos de betão?
São as argamassas realizadas com o aditivo, Durobetão. Este aditivo encontra uma das suas aplicações na realização de argamassas de reparação e regularização, plastificando-as e promovendo-lhes óptimas aderências. A proporção que indicamos deverá ser, 1 litro de durobetão: 5 a 50 Kg de cimento, conforme as exigências.

Aditivo Anti-Fungos para Tintas

Como aditivar uma tinta sem tratamento anti-fungos?
Incorporar na tinta um aditivo anti-fungos, Papafungos, conferindo-lhe grandes resistências ao desenvolvimento de qualquer tipo de microrganismo. Juntar uma embalagem (160 g), por cada balde de 20 litros de tinta.